(61) 3344-4386 anauni@anauni.org.br

A Associação Nacional dos Advogados da União – ANAUNI, na defesa permanente das prerrogativas legais da respectiva carreira, oficiou à Corregedoria-Geral da Advocacia da União alertando sobre a impropriedade de tentativas de restabelecimento de modelos ultrapassados para aferição do desempenho das atividades finalísticas da AGU por seus membros.

No expediente remetido (clique AQUI para ver o documento protocolado) a associação resgata toda a construção histórica das normas vigentes sobre o assunto e alerta para a necessidade de atualização das mesmas em face à consolidação do uso do sistema eletrônico SAPIENS, em cujos registros já estão todas as atividades que possam ser necessárias para eventual controle.

Para tratar desta pauta, a Presidente da ANAUNI, Dra. Márcia David, ainda foi recebida pelo Corregedor-Geral nesta quinta-feira (21/06), colocando a associação à inteira disposição da AGU para debater as formas mais adequadas ao patamar tecnológico hoje vivenciado pelos seus membros. Pela CGAU foi destacada a necessidade da existência de alguma forma de registro ou controle das atividades, tendo os dirigentes do órgão correicional concordado com a necessidade de urgência na revisão dos atos normativos vigentes.

Veja mais:
. Notícia da ANAUNI de 2008 sobre folha de ponto:
Corregedoria reconhece que Advogados Públicos não se submetem a controle de horários

Notícias relacionadas: